Notícias

05/07/2018 17:07

Equipe do SEI dá suporte aos órgãos na implantação dos processos finalísticos

SEI Projeto finalisticoA equipe do projeto SEI Bahia está intensificando o trabalho de orientação aos órgãos estaduais para ajudá-los na implantação dos seus processos finalísticos. No último dia 3 de julho, o coordenador de implantação do projeto no Estado Anderson Vasconcelos esteve em Feira de Santana para um encontro com a alta gestão do Centro Industrial do Subaé (CIS). O objetivo: sensibilizar as lideranças para a importância da adesão ao projeto, além de conduzir uma oficina prática de construção de processos finalísticos.

De acordo com o administrador local do SEI Bahia no Centro Industrial de Subaé Luis Riske, a unidade está trabalhando para acelerar a implantação do SEI. “No momento, estamos cadastrando os usuários e a nossa meta é que a partir de 15 de julho a gente comece a tramitação eletrônica de processos sistêmicos”, revela Riske.

Em paralelo, a unidade já está também elaborando a árvore de documentos do seu primeiro tipo de processo finalístico a ser implantado no SEI. (Alienação de Terreno para Implantação de Indústria). A árvore consiste numa lista com os documentos básicos que compõem cada tipo de processo por ordem de inclusão. ”Acho que o SEI Bahia vai ajudar muito a dar agilidade ao andamento dos nossos processos”, opina Riske.

Além do Centro Industrial do Subaé, a equipe do SEI Bahia já fez visitas do gênero à Polícia Civil e às secretarias de Segurança Pública, Fazenda e  Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura. “Neste segundo semestre, um dos principais focos do nosso trabalho é fomentar a implantação dos processos finalísticos”, explica Anderson Vasconcelos, revelando que já tem um novo encontro marcado sobre o tema na Universidade do Estado da Bahia (Uneb) de Vitória da Conquista.

A Bahia é o primeiro estado do país a implantar o Sistema Eletrônico de Informação (SEI), que foi criado e cedido gratuitamente pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4). Além de redução de custos e dos ganhos ambientais proporcionados pela redução do consumo de papel, o sistema vai trazer também mais agilidade, transparência, otimização de recursos e satisfação para os usuários.

Curta, acompanhe e compartilhe: facebook.com/saeb.govba
Twitter: twitter.com/saebgovba

Fonte: Ascom / Saeb

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.