• Segunda Onda - 15.01
  • RH Bahia
  • recadastramento de inativos sesab
  • Prêmio de Boas Práticas 2019

Notícias

01/02/2019 18:02

Plenária do Comitê de Gestores de TIC do Estado aprova regimento

O Comitê dos Gestores de Tecnologias da Informação e Comunicação do Estado da Bahia (Fortic) aprovou nesta quinta-feira (31.01) em plenária realizada na Secretaria de Administração do Estado da Bahia (Saeb) o seu primeiro regimento interno. O documento – avalizado por 41 lideranças e especialistas da área presentes ao evento – estabelece as regras de funcionamento do Comitê, que atua como instância de assessoramento técnico do Poder Executivo Estadual, realizando estudos, pesquisas e pareceres e  promovendo ações em cumprimento às Políticas e Diretrizes de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado.

“O regimento contribui para legitimar ainda mais a atuação do Comitê, conferindo representatividade oficial aos seus integrantes na interlocução com  o governo e os diversos órgãos e entidades estaduais”, defende o diretor  de Gestão Estratégica de TIC da Superintendência de Gestão e Inovação da Saeb
, Péricles Nogueira Magalhães Júnior.

De acordo com Péricles, esta foi a primeira vez que foi realizada uma plenária com os integrantes do Fortic desde que o comitê foi criado, por meio dos decretos nº 11.206, de 12 de setembro de 2008. “Trata-se de uma formalização importante para uma instituição que já atua há 10 anos, com o reconhecimento do Estado”, ressalta Péricles.

No total, a plenária do Fortic conta com a participação de 52 gestores atuando como representantes de 73 órgãos e entidades estaduais, além de representantes da Prodeb e da Superintendência de Gestão e Inovação da Saeb. O comitê atua por meio também de comissões e grupos temáticos, que atuam em áreas como Segurança da Informação, Governo Eletrônico, Informações Espaciais e Contratações.

Entre as principais realizações do Comitê até hoje, está a elaboração da Política de Segurança da Informação para Órgãos e Entidades do Poder Executivo do Estado da Bahia, lançada em 2011.
No momento, alguns dos nossos maiores desafios são a realização de uma revisão crítica do fluxo de contratações e aquisições de TIC no Estado, a manutenção de uma agenda sistemática de discussões sobre as questões da área, além da busca da melhoria da qualidade dos serviços de TIC prestados ao Estado", resume Péricles Magalhães.


Curta, acompanhe e compartilhe: facebook.com/saeb.govba

Twitter: twitter.com/saebgovba

Fonte: Ascom Saeb

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.