• Prêmio Você Servidor
  • Novo Portal do Servidor
  • Segunda Onda - 15.01
  • RH Bahia

Notícias

27/03/2018 18:03

Quantidade de processos criados no SEI Bahia chega a 12,7 mil

Workshop SEI

A evolução na implantação do Sistema Eletrônico de Informações (SEI Bahia) na Secretaria da Administração (Saeb) e em todo executivo baiano é um fato consumado. Atualmente, a quantidade de processos criados diretamente no sistema é de 12.708, e a de documentos ultrapassa 63 mil. Esses números representam uma economia de quase 2 milhões de folhas de papel.

Estes dados foram apresentados durante o Workshop SEI Bahia, que aconteceu nesta terça-feira (27), no auditório do Centro de Operações e Inteligência de Segurança Pública (COI) no Centro Administrativo da Bahia (CAB). Estiveram presentes ao evento cerca de 250 pessoas de 73 unidades do Estado. O objetivo principal foi oferecer uma visão geral sobre o andamento da implantação do SEI Bahia no Estado. O público foi formado por chefes de gabinete, diretores gerais, assessores de Planejamento e Gestão (APG) e administradores locais.

Participante do evento, a assessora de Planejamento e Gestão da Secretaria de Comunicação (Secom), Marcela Freitas, disse que, praticamente, 100% dos processos sistêmicos já tramitam através do SEI, e que a Secom abre cerca de 400 processos de publicidade por mês de maneira eletrônica. "Esse encontro é fundamental para alinhar e sensibilizar a todos para a importância dessa modernização de gestão que o SEI já vem trazendo", afirmou.

O coordenador de Implantação do SEI Bahia, Anderson Prazeres, destacou sobre a importância dos processos finalísticos, que são aqueles implementados por cada órgão. Durante a apresentação, ele falou dos sete passos, fundamentais na implantação. "É preciso envolvimento daqueles que chamamos de 'informantes-chave', pois esses profissionais, que têm conhecimento maior sobre os processos internos, é que vão trazer informações fundamentais sobre os fluxos", ressaltou.

Também presente ao evento, o secretário da Administração, Edelvino Góes, lembrou que a partir do mês de julho de 2018, não haverá mais trâmite de papel em processos administrativos na Saeb. "É preciso que estejamos todos conscientes de que a adesão ao SEI Bahia é um novo caminho na administração pública e que a implantação cumpre determinação de Decreto Oficial", pontuou. Para Góes, a chegada do SEI Bahia pode ser considerada uma transformação digital e ganho de produtividade no Estado.

A Bahia é o primeiro estado do país a implantar o SEI, um software criado e cedido gratuitamente pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4). Além de redução de custos e dos ganhos ambientais proporcionados pela redução do consumo de papel, o Sistema Eletrônico de Informação vai trazer também agilidade e transparência para os processos, otimização de recursos e satisfação para os usuários.

Fonte: Ascom Saeb

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.